sexta-feira, 1 de março de 2013

O Ídolo - Parte 2 de 2

Pouco antes de três horas da manha todos os homens já haviam se recolhido em seus quartos e o capitão recolheu-se sozinho em sua cabine onde guardara o ídolo.Eu não sei quanto tempo dormi naquela noite, mais sei que foi muito pouco, pois a escuridão ainda encobria o oceano quando um horrível grito vindo da cabine do capitão despertou do sono e embriaguez todos de nossa tripulação.Em poucos instantes toda a tripulação inclusive o imediato que abandonou o timão, estava frente a cabine tentando arrombar a maciça porta que o capitão mantinha trancada.De dentro continuava os gritos horríveis de Diego sendo torturado.Sua voz emitia um terrível som gutural, como se não conseguisse mais pronunciar uma palavra natural.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

O Ídolo - Parte 1 de 2

Olá pessoal, nestes ultimos dias não tenho tido tempo para fazer minhas postagens e o blog ficou sem atualização.Mas hoje trago a vocês a primeira parte de mais um conto de minha autoria.Em breve irei continuar com o terceiro capitulo de O Necromante e muito mais.Não deixem de visitar o blog e participem deixando seus comentarios e seguindo o blog.


O Ídolo
  
Nestes vários anos trabalhando como arqueólogo, já me defrontei com diversos casos intrigantes e misteriosos, mas recentemente encontrei um objeto perturbador, que vêm me despertando um misto de curiosidade e medo.O objeto em questão é uma carta datada do século XVII.Ela foi encontrada dentro de uma garrafa, enterrada à cinquenta centímetros da superfície sob uma cruz de madeira, em uma ilha do mar do Caribe próximo à costa de Porto Rico.Esta carta parece estar ligada, de certa forma ao navio espanhol La Paloma, que naufragou em 1647 à quarenta quilômetros desta ilha, cujos restos foram encontrados ano passado.